text.skipToContent text.skipToNavigation

Saiba comparar notebooks

e escolher o melhor

Gostou? Compartilhe

Quem é que não gosta de coisas práticas? Entre tantos produtos que existem hoje em dia, um dos que mais facilita a nossa vida é o notebook. Além de poder acessar a internet, jogar, fazer trabalhos e resolver pepinos, você ainda pode levar para qualquer lugar! Quer mais praticidade que isso? Mas para aproveitar melhor essas vantagens, é sempre bom prestar bastante atenção na hora de escolher e comparar notebooks, pois existem muitos no mercado e está cada vez mais difícil de acertar a mão na compra. O ideal é que você entenda um pouquinho mais sobre cada funcionalidade desse produto. Só desse jeito você vai saber qual deles se adapta melhor às suas necessidades do dia a dia. A primeira coisa que você precisa entender é que existem os notebooks normais, os ultrabooks (que são bem fininhos) e os 2 em 1, que viram tablets e são touchscreen, ou seja, aqueles que você usa tocando o dedo na tela. Agora que você já sabe o básico, que existem essas diferenças essenciais, confira algumas dicas do que se atentar na hora da compra e de comparar os notebooks entre si.

Sistema operacional

O sistema operacional vai definir a forma que você vai usar o notebook. É o principal programa que deve ser instalado dentro dele. Atualmente, existem 3 principais sistemas operacionais: Windows, OS (da Apple) e Linux. O ideal é que você conheça todos para saber o que mais agrada a você em termos de usabilidade. Peça opiniões para os amigos e faça alguns testes para descobrir o seu preferido. O mais usado atualmente é o Windows.

Processadores

Essa é a parte do notebook responsável por rodar tudo aquilo que você vai querer instalar dentro dele, ou seja, funciona como o cérebro da máquina. É importante dar uma atenção especial aos processadores na hora da compra. Existem muitos no mercado e as principais marcas são Intel e AMD. Quanto mais núcleos um processador tiver, mais rápido vai ser quando você usar o note. Para saber quantos núcleos têm cada processador, o ideal é dar uma olhadinha nas especificações dele quando você for comprar, pois existem muitos. Além dos núcleos, a frequência (gigahertz) também é importante. É ela que vai trabalhar na velocidade do processamento das informações para os núcleos. Hoje, existem notebooks de 2.4 GHz até 3.5 GHz. Porém, não é apenas o processador que garante uma velocidade boa para o notebook. O próximo item também é bem importante para uma máquina rápida. Funciona como um casamento!

Memória RAM

A memória RAM é responsável por abrir os programas que você quer usar no notebook. Por exemplo: quando você abre o navegador Chrome e usa até 10 abas ao mesmo tempo, pode comprometer até 500 MB (megabytes) dela, o equivalente a 0,5 GB (gigabyte). Para se ter uma ideia, um notebook básico tem apenas 2 GB de RAM. Ou seja, você estaria consumindo 25% da memória RAM apenas com um navegador e isso afetaria muito o desempenho do note. Aparelhos com menor espaço de RAM podem fazer com que os travamentos virem rotina. E não é isso que você quer, né? Por isso, é muito importante que você tenha decidido claramente a sua necessidade: apenas trabalho, internet, jogos ou todos ao mesmo tempo? Quanto mais atividades você for fazer, mais memória RAM o aparelho tem que ter. Os notebooks mais potentes no mercado podem chegar a até 8 GB de RAM.

Memória interna

Essa parte do notebook é onde fica o armazenamento de todas as suas coisas. É ela que vai guardar fotos, músicas, vídeos, documentos e qualquer outra coisa que você salvar no note. Tecnicamente, é conhecida como HD (hard disk). As memórias mais comuns do mercado atualmente são as de 500 MB ou 1 TB (terabyte). Mas também existem algumas menos potentes e que chegam a 320 MB. Na hora da escolha, leve em consideração se você baixa muitos vídeos ou salva muitas fotos, pois essas são as duas principais coisas que vão ocupar memória dentro do seu notebook.

Bateria

Essa é outra coisa fundamental para um notebook. Afinal, se você for levá-lo para cima e para baixo, vai precisar de uma boa bateria. Por isso, prefira as que duram mais, ou seja, aquelas que possuem 6 células. Quanto maior for a quantidade de células da bateria, mais capacidade de guardar carga ela vai ter. Prefira também as baterias feitas de íons de lítio, pois a vida útil delas também é maior do que modelos mais antigos. Esse tipo de bateria também é excelente, pois você não precisa esperar carregar 100% para tirar da tomada, ou seja, elas não viciam.

Tela

Telas grandes são ótimas, principalmente se você tem o costume de assistir a filmes pelo computador. Mas tenha em mente que quanto maior for a tela, mais bateria ela vai gastar. Hoje em dia, as mais comuns são as de 14 e as de 15,6 polegadas, mas é possível encontrar telas de até 17,3.