text.skipToContent text.skipToNavigation
m_template_img_01.jpg

Conheça os tipos de monitor cardíaco para atividades físicas

Acompanhar de perto o condicionamento físico e cardíaco é um interesse da maioria das pessoas que praticam atividades como corrida, natação, bicicleta ou outros exercícios aeróbicos. Porém, nem sempre se conhece os tipos de monitor cardíaco e como usá-los.


O que é?

Um monitor cardíaco é útil para medir a frequência dos batimentos por minuto, principalmente se você costuma praticar alguma atividade física. O monitoramento contínuo durante a prática ajuda a administrar o funcionamento do organismo, visualizando quando os batimentos do coração aumentam e abaixam.

 

Esse acompanhamento é importante para vários tipos de treinamentos que se baseiam em velocidade, peso e frequência cardíaca para determinar a intensidade do exercício.

 

Além de monitorar os batimentos cardíacos, alguns monitores possuem funções extras que podem ser muito úteis para os esportistas, como GPS, contador de passos, cálculo de calorias perdidas, entre outras.

 

 

Tipos

  

Modelo cinta

 

O modelo em formato de cinta vem com um sensor de frequência cardíaca sem fio que, quando colocado em torno do tórax, detecta as batidas e envia os dados para um receptor muito parecido com um relógio de pulso. Bastante prático para atividades como corridas e caminhadas.

 

Modelo relógio

 

A diferença básica entre o modelo relógio para o modelo de cinta é que o modelo relógio faz o monitoramento cardíaco pelo pulso. Independentemente de qual for a sua escolha, é legal saber que ambos podem oferecer avisos sonoros e na tela, que anunciam seu desempenho.

 

Vale ressaltar que, além dos modelos de relógio, que servem para vários esportes, também existem monitores específicos para cada modalidade. Esses aparelhos conseguem dar mais informações para melhorar especificamente seu treino, como no caso da natação e ciclismo.


Quem pode usar?


Corredores

 

Se você for um iniciante ou veterano na corrida, poderá se beneficiar com o monitoramento cardíaco, verificando se está na zona aeróbica e aproveitando melhor o tempo de exercício.

 

Alguns monitores cardíacos também podem emitir alertas caso você atinja um nível de desidratação ou déficit nutricional (perda de líquidos e nutrientes com o suor). Alguns aparelhos também possuem contador de passos e GPS para quem faz corridas na natureza.

 

Ciclistas


Os monitores são capazes de controlar o desempenho durante seu treino e passeio, sendo você um ciclista de trilha ou estrada. Existem modelos que listam mais dados por meio de um sensor de pé, por exemplo. Assim como na corrida, alguns modelos possuem GPS, barômetro, altímetro e a possibilidade de gravar seus treinos para uma melhor avaliação.

 

Nadadores

O controle de frequência cardíaca também é fundamental durante a prática de esportes aquáticos. Nesse caso, é importante que o aparelho seja a prova d’água. O mercado já oferece diversos modelos capazes de registrar o seu desempenho a alguns metros de profundidade. Os aparelhos específicos para natação possuem contadores de braçada, estilo de nado e a distância percorrida.

 

Quem quer perder peso

Normalmente quando o objetivo é perder peso, o monitoramento da frequência cardíaca é importante durante os exercícios regulares. A maioria dos modelos exibe quantas calorias foram queimadas durante um treino, o que pode contribuir no direcionamento e sucesso na queima de gordura.