text.skipToContent text.skipToNavigation
A-importância-das-brincadeiras-para-educação-infantil---mobile.jpg

A importância das brincadeiras para educação infantil

Brincar é a melhor maneira para uma criança se relacionar com o mundo. É com a prática de jogos e brincadeiras que ela aprende a perceber o mundo ao seu redor e a desenvolver a sua própria identidade, organizando pensamentos, praticando a linguagem, explorando e manipulando objetos e se socializando com outras crianças. Brincadeiras para educação infantil são muito importantes para o desenvolvimento saudável das crianças.

A importância do brinquedo

O brinquedo estimula a imaginação das crianças. É através dele que ela reconhece elementos, analisa, compara, cria histórias e reproduz momentos do seu próprio dia a dia em um cenário de fantasia. A criança aprende a compartilhar, fazer amigos e respeitar regras do grupo. A saúde física, emocional e intelectual da primeira infância depende bastante dessa atividade lúdica que é o brincar.

Brincadeiras para educação infantil: até 2 anos

As crianças antes dos 2 anos, mesmo se estiverem juntas, costumam brincar sozinhas. Por isso, o ideal são as brincadeiras que estimulam os sentidos, permitindo explorar e descobrir cores, sons, texturas, sabores e cheiros. Tapetes sensoriais, instrumentos musicais simples, bolinhas com texturas, blocos de empilhar e carrinhos de puxar são ótimas opções.

Na fase dos 3 anos

Nessa idade, as crianças descobrem um novo universo: o faz de conta. Elas adoram imitar situações. Brincar de casinha ou supermercado, fingir que estão pilotando um avião ou cuidando de alguém no hospital são brincadeiras para horas e horas. Essas brincadeiras permitem que as crianças se relacionem com problemas e soluções imaginárias, mas que se refletem na vida real. Brinquedos como caixas registradoras, cabaninhas e fantasias são sucesso.

A partir dos 5 anos

A partir dos 5 anos, as crianças deixam de brincar ao lado de outras e passam a brincar junto com as outras crianças. Os jogos e brincadeiras de movimento e faz de conta continuam e se aprimoram. Surgem os jogos coletivos, como jogos de tabuleiro, futebol e brincadeiras de roda. Todos eles fundamentais para que a socialização aconteça e para que os pequenos usem no "mundo real" as regras e ensinamentos que trouxeram de casa, como: saber perder, ajudar o próximo, ser mais tolerante etc.

Aproveite para brincar também

Brincar com os filhos significa conhecê-los melhor. Observe as expressões, frases e reações das crianças ao vê-los se relacionar com seus bonecos e diferentes situações criadas. Tenha aí bastante material sobre os pontos fortes e fracos dos seus filhos. Aproveite o tempo juntos para aumentar o vínculo e confiança entre vocês e explore as possibilidades das brincadeiras para educação infantil.