text.skipToContent text.skipToNavigation
10-brincadeiras-antigas-que-as-crianças-vão-adorar-mobile.jpg

10 brincadeiras antigas que as crianças vão adorar

É muito gostoso contar para as crianças sobre a nossa infância. Elas adoram saber como era a vida antigamente e o que seus pais gostavam de fazer. Pode ser difícil para seu filho imaginar como era incrível brincar o dia inteiro sem televisão ou internet. Por isso, que tal apresentar para ele 10 brincadeiras antigas e muito divertidas? Ele vai adorar aprender com você!

1. Brincadeiras antigas: amarelinha

É difícil ver as crianças riscando as calçadas com giz como antigamente. Que tal brincar assim com seu filho? É fácil achar giz escolar. Desenhe no chão um caminho de 10 casas numeradas e jogue uma pedrinha em uma casa onde você não poderá pisar. Vá pulando com um pé só até o fim do trajeto. Ao chegar, retorne, pegue a pedrinha e recomece, atirando a pedra na próxima casa.

2. Bolinha de gude

Uma das brincadeiras mais populares com bolinhas de gude é feita ao desenhar um círculo no chão onde os jogadores devem jogar a bolinha utilizando o dedo polegar. Os próximos jogadores devem acertar a bolinha. Quem conseguir tirar a bolinha do círculo ganha a bolinha. O jogo acaba quando alguém conseguir ganhar todas as bolinhas.

3. Pipa

Praias e outros lugares amplos e abertos são os melhores locais para brincar, pois recebem bastante vento e não oferecem perigo. Deixe a criança comandar a pipa pelo fio, sem utilizar o cerol, e veja as pipas subirem e ganharem os céus. Incluir a criança na confecção da pipa pode ser outra atividade muito divertida. Varie nas cores, nos papéis e na textura da rabiola.

4. Pular elástico

Duas crianças ficam em pé, uma de frente para a outra, com aproximadamente 1,5 m de distância, encaixando o elástico na altura do tornozelo, com as pernas abertas, enquanto uma terceira pula do lado de dentro, de fora e entre o elástico. As duas vão subindo de altura sempre que a terceira finalizar a sequência para aumentar o nível de dificuldade. O objetivo é fazer tudo sem tropeçar. Quando um participante erra, dá lugar ao que estava segurando o elástico e assim por diante. As coreografias dos pulos variam de acordo com a criatividade e a energia dos participantes. Você pode usar 2 metros de elástico de roupa, unidos pelas pontas com um nó.

5. Bandeirinha

Formam-se 2 grupos com o mesmo número de crianças. Uma linha divide o campo e é colocada uma bandeirinha em cada campo. O jogo começa quando os membros de um grupo tentam invadir o campo do outro para pegar a bandeira e colocar em seu próprio campo. Se algum participante for pego enquanto tenta, ele precisará ficar parado no mesmo lugar, até que alguém consiga cruzar o campo adversário e libertá-lo.

6. Cabaninha

O que não falta são cabaninhas prontas na seção de brinquedos, das mais variadas cores, tamanhos e temas. Mas você também pode improvisar com lençóis e cadeiras na sua casa. Espalhe brinquedos, travesseiros e capriche nas brincadeiras. Vale ler histórias e explorar a imaginação da criançada. Vale brincar de casinha. Vale brincar de camping. São muitas as possibilidades!

7. Pular corda

Duas crianças cantam e batem a corda bem próxima ao chão e as outras pulam. São muitas brincadeiras e músicas possíveis. Geralmente os pulos devem seguir uma sequência e mudam de acordo com as instruções da música. A altura da corda vai aumentando junto com a dificuldade.

8. Bambolê

Essa brincadeira garante horas de diversão para todas as idades, inclusive para você! O bambolê ensina muito sobre consciência corporal com seus movimentos no quadril, mãos, pés e pescoço. Se você tiver mais de um, vale até fazer um circuito no chão e brincar de obstáculos.

9. Bolinha de sabão

Bolinha de sabão é mesmo uma brincadeira mágica, seja para a criança brincar sozinha, seja em grupo. Existem diferentes modelos de aro para fazer bolas dos mais variados tamanhos. A criançada vai adorar!

10. Massinha

A massinha estimula a criatividade de forma bem simples. Quanto mais cores e formas, maior será o interesse da criança, estimulando a concentração e o desenvolvimento motor.


Como é bom relembrar dessas brincadeiras antigas!