text.skipToContent text.skipToNavigation
Pequeno-cheio-de-energia-mobile.jpg

Pequeno cheio de energia: como estimular o bebê a engatinhar

Pais de primeira viagem têm sempre aquela dúvida: como estimular o bebê a engatinhar? Bom, a primeira coisa para a gente se lembrar é que cada criança terá o seu ritmo. Segundo especialistas, o processo começa entre 7 e 11 meses, mas não é uma regra absoluta. Uns começam mais cedo, outros mais tarde. Mas, ainda assim, tem algumas dicas para seguir que podem ajudar a estimular o pequeno.

Deixar o bebê no chão

Tendo o cuidado de afastar móveis com quinas e objetos que possam cair, deixar o bebê no chão ajuda em uma questão muito importante quando o assunto é engatinhar: a força muscular. Ao deixar o pequeno livre para tentar flexionar as perninhas e braços, isso vai aumentando a tonicidade dos músculos que, no futuro, será fundamental para os primeiros movimentos.

Uma boa dica para esse momento é usar o tatame infantil. Além de ajudar a amortecer os pequenos tropeços, protege o pequeno da temperatura do chão que, dependendo da época do ano, pode ser um incômodo.

A dica do espelho

Uma regra de ouro é que o bebê se desenvolve a medida que damos estímulos a ele. Experimente, por exemplo, deixar um espelho grande na frente do seu bebê quando ele estiver tentando engatinhar. Ao se ver fazendo os movimentos, tudo se transforma em uma estimulante brincadeira e, sem perceber, ele vai ousar mais e mais nos movimentos.

Afaste os brinquedos preferidos

Com o tempo, você vai perceber que a criança curte mais um brinquedo em específico. Use isso ao seu favor na hora dos exercícios matinais. Afaste os brinquedos preferidos e estimule o pequeno a ir até eles. Novamente estamos trabalhando aqui o lado lúdico do movimento e tirando o foco do exercício em si. O resultado? Movimentos cada vez mais estimulados em direção ao brinquedo!

Engatinhar ao lado do bebê

Além de estímulo, bebês reagem muito bem à imitação. Aliás, levamos esse comportamento para a vida toda: tentamos reproduzir aquilo que gostamos. Então, ao se posicionar ao lado do bebê, engatinhando, você dá o exemplo a ser seguido, facilitando para ele descobrir os movimentos e repeti-los.

 

Ufa! Agora que você tem as dicas de como estimular o bebê a engatinhar, mãos à obra!