text.skipToContent text.skipToNavigation
Melhor-cadeira-de-alimentação-mobile.jpg

Melhor cadeira de alimentação de acordo com a fase do bebê

A introdução de novos alimentos ao paladar dos bebês inicialmente é feita no colo. Afinal, esse momento normalmente sucede o desmame e começa a ocorrer a partir do sexto mês de vida. Durante essa fase, são introduzidas as primeiras papinhas e o bebê está aprendendo a sentar. Logo, o colo pode ser mais adequado. Mas os bebês crescem e suas necessidades também, por isso é preciso escolher a melhor cadeira de alimentação para esse momento.

Quando usar a cadeira de alimentação

O momento indicado pelos médicos para colocar o bebê na cadeira de alimentação na hora de comer é por volta do oitavo mês de vida, quando ele já consegue se sentar sozinho. A praticidade dessas cadeiras vai além de manter o bebê seguro para se alimentar, pois é nesse momento que a criança começa a aprender que existe hora e lugar certos para tudo o que se quer fazer, ou seja, na hora de comer, o lugar certo é a cadeira de alimentação.

Como escolher a melhor cadeira de alimentação

A primeira observação que os pais devem fazer é em relação à segurança que a cadeira de alimentação oferece. A certificação do INMETRO é indispensável, porque significa que todos os testes de segurança foram feitos e que a cadeira não apresenta risco algum à criança que for usá-la. Cinto de segurança, material atóxico e adequação do modelo são alguns dos itens observados pelo INMETRO.

O modelo tradicional

O cadeirão tradicional, com aproximadamente 1 m de altura, é adequado para bebês com até 15 kg. Seu assento e encosto são feitos de material de fácil limpeza. Esse modelo de cadeira de alimentação também possui cinto de segurança de 5 pontas, bandeja e apoio para os pés. Sua altura não é regulável, mantendo a criança sempre a 1 m do chão.

Para várias fases

Existem outros modelos que “evoluem” de acordo com o crescimento da criança que vai usá-la. Isso é possível por meio da regulagem de altura que essas cadeiras de alimentação possuem. A bandeja pode ser removida para que, quando estiver “maiorzinha”, a criança possa se sentar com os pais, contando com uma ajudinha da regulagem correta da altura da sua cadeira.  

A cadeira que “cresce” com o bebê

Há ainda outro modelo de cadeira que acompanha o bebê desde o nascimento (quando é usada como moisés) até os 3 anos de idade. Essa cadeira possui várias regulagens de altura, encosto, apoio para os pés e cintos. A bandeja desse tipo de cadeira também é removível e bastam alguns encaixes para que a cadeira de alimentação se transforme em uma espreguiçadeira para o bebê tirar um gostoso cochilo depois de comer.