text.skipToContent text.skipToNavigation
m_template_img_01.jpg

Qual o melhor carrinho de bebê?

Parece difícil encontrar o melhor carrinho de bebê para o seu filho com tantos modelos e recursos no mercado, não é mesmo? Mas, calma, a escolha é mais simples do que parece! Para começar, é importante entender que não existe o melhor carrinho de todos, e sim o mais adequado para o que você procura.

Os carrinhos se dividem por modelos e cada um é mais indicado para um objetivo. Por isso, a principal dica para não errar é levar em conta o que você precisa. O que é necessário para alguns pais, pode não valer tanto a pena para a sua rotina, certo?

Carrinho de bebê tradicional

São geralmente os carrinhos mais utilizados para os recém-nascidos e uma das principais vantagens é que eles podem ser usados durante muito tempo. Como servem para passear e dormir, costumam ser mais espaçosos e confortáveis e vir com mais recursos.

Por exemplo, a maioria tem diferentes níveis de inclinação, capota retrátil, compartimentos para acessórios e até lugar para pendurar a bolsa. Essa é uma ótima vantagem, já que muitos papais e mamães vivem cheios de sacolas e coisas para carregar, né? Outro recurso muito procurado é o assento reversível que permite você virar o assento e ficar de olho no seu bebê durante os passeios.

Eles também apresentam o modelo Travel System, um dos modelos mais indicados para quem busca praticidade. Isso porque o Travel System já vem com o bebê conforto para ser encaixado no carrinho ou usado como cadeirinha para auto.

Então, uma dica para quem já comprou o bebê conforto: fique de olho nos carrinhos da mesma marca, pois muitos modelos permitem o encaixe travel system.

Já a parte ruim dos carrinhos tradicionais é que eles costumam ser mais difíceis de fechar que os modelos de 3 rodas ou Guarda-chuva.

Carrinho de bebê de 3 rodas

Assim como os tradicionais, os carrinhos de 3 rodas servem para o bebê dormir e passear. Basicamente, o destaque aqui é o design diferente e algumas vantagens que papais e mamães adoram.

A principal delas é que os carrinhos de 3 rodas são mais fáceis de fechar que os tradicionais. Além disso, quando dobrados, eles ficam menores e mais fáceis de carregar. Ótimo, não? 

Outra vantagem é que alguns modelos ainda contam com sistema de amortecimento para diminuir o impacto nos passeios, mesmo em velocidades maiores. Para quem gosta de fazer caminhadas ou cooper com o bebê, esse é o melhor carrinho. Com ele, você pode correr sem se preocupar se o seu filho vai ficar desconfortável ou chacoalhando demais.

A desvantagem dos carrinhos de 3 rodas para cooper é que eles costumam ser um pouco mais pesados.

Carrinho de bebê Guarda-chuva

Se você busca praticidade, esse é o melhor carrinho de bebê para passear. Mais simples, leve e menor, ele é fácil de fechar e carregar para qualquer canto. Como o foco aqui é ser prático, ele não possui muitos recursos e acessórios de conforto.

Quando os bebês crescem, muitas mamães investem nesse modelo como segunda opção de carrinho, pois eles são perfeitos para passear sozinha e ainda ocupam menos espaço no porta-malas.

Carrinho de bebê para gêmeos

Mesmo quem não tem gêmeos pode imaginar como é difícil passear com dois carrinhos, né? O trabalho é dobrado e você precisa de 2 pessoas para dar conta do recado. Os carrinhos de bebê para gêmeos vieram para resolver esse problema e facilitar a sua vida. A mesma coisa vale para quem tem dois filhos com idades muito próximas, tá?

A dúvida aqui fica entre os modelos: lado a lado ou um na frente do outro? 

Lado a lado:

As principais vantagens desse carrinho são que os dois assentos podem reclinar igualmente e os bebês têm a mesma visão do percurso. Assim, seus filhos podem interagir mais durante os passeios.

Já o ponto negativo é que ele é mais difícil de passar nas portas e também fica um pouco maior quando dobrado. Para não ter problemas, é importante tirar as medidas das portas de casa e do porta-malas.

Um na frente do outro (trenzinho):

Passam com bem mais facilidade nas portas e corredores e ocupam menos espaço no porta-malas. Então, se o problema for espaço, essa é a opção mais indicada. As principais desvantagens são que a maioria dos assentos da frente não reclina totalmente e o bebê de trás pode ficar mais apertadinho e sem a visão do passeio. Sendo assim, a escolha do melhor carrinho de bebê para gêmeos ficará por sua conta.