text.skipToContent text.skipToNavigation
m_adega_01.jpg

Tudo sobre vinhos: qual a melhor adega?

Se você faz questão de saber tudo sobre vinhos, precisa entender que a forma com que ele é guardado faz total diferença no sabor. Apesar disso, muita gente não tem espaço em casa para fazer a adega dos sonhos, mas pode contar com adegas climatizadas e taças específicas para não perder o sabor perfeito do vinho. Por isso que, antes da compra, é preciso entender direitinho como as adegas funcionam e quais as suas diferenças.

Existem, basicamente, dois tipos de adegas disponíveis no mercado: as com compressor e as termoelétricas. Essas duas características se referem ao sistema de refrigeração da adega, ou seja, é por meio delas que seu vinho vai ficar refrigerado como em uma adega profissional.

Compressor x Termoelétrica

A adega termoelétrica funciona com a troca de calor do ambiente e refrigera até 15 °C a menos que o clima fora da adega. Ou seja, se você mora em cidades predominantemente quentes, evite. Já se a sua cidade costuma ser mais fresquinha, é a escolha ideal. O ponto fraco é que, como a temperatura externa sempre muda, a interna também mudará, o que pode não ser muito bom para vinhos que vão ficar nela por muito tempo.

Já as adegas com compressor conseguem segurar melhor a temperatura e deixá-la mais exata, uma vez que esse aparelhinho instalado nela serve justamente para resfriar sem a necessidade da temperatura externa. O ponto fraco é que tem alguns modelos que vibram muito quando são ligados e podem comprometer a qualidade do vinho se a trepidação for frequente. Além disso, consome um pouco mais de energia que a termoelétrica.

Vidro

Se o modelo que você gostou tiver vidro na frente, procure saber se esse vidro é escuro com proteção UV. Assim, você protege ainda mais o vinho da luz e mantém a qualidade dele por mais tempo. Por conta disso, o ideal também é que você coloque a sua adega em um local que seja protegido da luz solar. Todo esse cuidado é para que você desfrute do seu vinho da melhor forma.

Quantidade de garrafas

Existem adegas com capacidade para mais de 100 garrafas, que geralmente são usadas em restaurantes. Mas, para se ter em casa, as mais procuradas são aquelas com espaço para 8 ou 12 garrafas, que são menores e fáceis de encaixar em lugares pequenos. Portanto, o ideal é ter noção de quantas garrafas você deseja estocar em casa de acordo com a sua necessidade.

Divisórias

Você sabia que existem adegas que têm prateleiras reguláveis capazes de comportar garrafas de tamanhos diferentes? Ou seja, você pode colocar garrafas maiores de um lado e menores de outro. Além disso, existem adegas que também podem dividir a temperatura entre as prateleiras. Um champanhe, por exemplo, pode ser guardado em uma temperatura menor que a de um vinho e existem adegas capazes de fazer essa divisão. Bem interessante, não é?