text.skipToContent text.skipToNavigation
Como-calibrar-pneus_mobile.jpg

Como calibrar pneus

Todo mundo sabe a importância de manter o carro em perfeitas condições de segurança e eficiência. Certas providências, entretanto, nem sempre são tão valorizadas quanto outras. Se você está se perguntando como calibrar pneus, é por que está de olho na segurança da sua família.

Algo que muita gente acaba deixando para depois, por falta de tempo ou mesmo de paciência quando entra em um posto para abastecer, é a calibragem dos pneus. Quase sempre temos a sensação de que estão rodando bem e podem esperar a próxima parada para que sejam verificados.

Essa atitude, porém, não é saudável, nem para a segurança do veículo, nem para o bolso, pois o desgaste dos pneus ocorre mais rapidamente se os deixarmos rodando sem os devidos cuidados. Vamos então conhecer algumas dicas sobre como calibrar pneus.

Por que calibrar pneus

Pneus descalibrados não respondem da forma esperada aos comandos do veículo, tanto em relação ao contato com a pista (aderência) quanto aos freios e à direção. Isso acontece porque não estão com a quantidade adequada de ar para rodarem da forma mais eficiente.

Em pistas molhadas, por exemplo, o pneu descalibrado faz com que o carro demore mais tempo para parar totalmente após a frenagem. Se houver muita água acumulada, o veículo pode aquaplanar, o que significa a perda total do controle sobre o carro, equiparando-se a um barco à deriva. Não vale a pena arriscar.

Conheça a pressão correta e aprenda como calibrar pneus

Calibrar é muito fácil, mas antes é necessário saber a pressão correta dos pneus, que pode variar de acordo com as condições de uso do veículo. No Brasil, a pressão dos pneus é estabelecida pela unidade PSI, que é a medida de pressão do sistema inglês/americano e significa “libras por polegada quadrada”. Por exemplo, o pneu de um carro de porte pequeno utiliza uma calibragem média de 30 libras.

Em viagens, costuma-se carregar mais peso, o que pede maior pressão nos pneus. Ao rodar somente na cidade, você deve manter a pressão adequada para esse esforço, normalmente diário, em que é exigido trabalho maior dos pneus em função das inúmeras frenagens que você faz ao parar nos sinais ou ao estacionar. A pressão também varia conforme o tipo de pneu e o modelo do carro, mas essas especificações são facilmente encontradas no manual do veículo. Caso não encontre informações no manual do seu carro, confira o aro de sua roda. É comum ele vir gravado no pneu.

Dicas sobre como calibrar os pneus corretamente

O ideal é que os pneus sejam calibrados uma vez por semana ou, no máximo, de 15 em 15 dias, e quando estiverem frios - ou seja, tiverem rodado no máximo 3 quilômetros. Desse modo, procure reservar o horário da manhã para isso, antes de dar início à sua rotina diária. Caso você queira substituir a calibragem de pneus de ar comprimido para nitrogênio, esvazie todo o pneu antes de iniciar a troca.

Você pode aprender a como calibrar pneus de seu veículo em lojas especializadas em serviços automotivos, que costumam apresentar uma regulagem mais precisa, ou em postos de abastecimento. Se nunca tiver calibrado seus pneus, peça ajuda ao frentista, informando a pressão correta de seus pneus. Observe-o fazendo o procedimento e experimente fazer você mesmo da próxima vez, pois verá que é muito simples.