text.skipToContent text.skipToNavigation

Milhares de produtos em oferta em todas as categorias. Aguarde!

Milhares de produtos em oferta em todas as categorias. Aguarde!

Não perca as ofertas da Black Friday!

Cadastre o seu e-mail e receba todas as nossas novidades.

Comece o aquecimento

1. Mantenha seus dados atualizados

Deixe seu endereço para entrega e telefone atualizados para que possamos entrar em contato, se necessário. Caso faça uma compra antes da Black Friday, aproveite para salvar seu cartão de crédito em seu cadastro e ativar a Compra Rápida. A agilidade vai ajudar você a garantir o seu produto.

2. Faça uma lista de desejos

Além disso, faça também uma lista alternativa. Isso ajudará na agilidade para garantir seu produto. Se não conseguir o que deseja, tenha em mente um produto semelhante para aproveitar melhor os descontos.

3. Escolha a melhor forma de comprar

A Black Friday vai acontecer aqui no site e, também, nas lojas físicas Carrefour. Localize a loja mais próxima de você e escolha como vai comprar o seu produto.

4. Estabeleça um orçamento

Calcule quanto você pode gastar com as compras de fim de ano. Comprar apenas no impulso de aproveitar as ofertas pode prejudicar suas finanças.

5. Procure o selo BFL nas lojas

Agora, os sites passam por avaliação do site blackfridaylegal2016.com.br para ter o selo BFL (Black Friday Legítimo). O Carrefour.com tem esse selo. Compre com tranquilidade.

Confira os mais buscados da maior liquidação do ano!

Em dúvida sobre o que comprar?
A gente ajuda você!

As marcas preferidas dos fãs da Black Friday

 

Cartão Carrefour

O seu Cartão Carrefour também está cheio de vantagens nesta Black Friday!
Ainda não tem?

Peça o seu

Black Friday: o que é e como é


Saiba como é a Black Friday no Brasil e no mundo

A sexta-feira após o tradicional feriado de Ação de Graças americano (comemorado toda última quinta-feira de novembro) é conhecida no mundo inteiro pelos grandes descontos oferecidos, on-line ou off-line, por diversos estabelecimentos. Conhecido como Black Friday, o evento promovido por diversas lojas oferece até 80% de desconto nos mais variados produtos. A baixa dos preços gera picos de venda que trazem benefícios tanto para varejistas, que esvaziam os estoques, como para consumidores, que adiantam e economizam as compras de fim de ano, podendo utilizar, ainda, a primeira parcela do 13º salário. Diversos produtos e serviços participam da promoção sem nenhum tipo de restrição, ficando a critério das lojas oferecerem descontos aleatórios entre os produtos. Os artigos mais procurados são eletrodomésticos, eletrônicos, informática, telefonia e tecnologia em geral. É possível adquirir até pacotes de viagens e refeições nos mais diversos restaurantes. Com origem nos Estados Unidos, o termo Black Friday era utilizado mesmo antes da ação de vendas e chegou a significar, em 1869, a crise financeira que os Estados Unidos estavam passando na época. A popularização da Black Friday no país aconteceu em meados dos anos 70, quando a impressa começou a utilizar a expressão para mostrar o caos que eram as compras em massa que ocorriam na data. Porém a Black Friday caiu no gosto mundial somente após os anos 2000. E só em novembro de 2010 é que o Brasil aderiu à Black Friday, tendo apenas a versão on-line do evento. Hoje em dia, as ofertas são praticadas em diversos países. No México, a data é chamada de El Buen Fin e dura um fim de semana inteiro. No Brasil, certos estabelecimentos aproveitam o impulso de compras dos consumidores e criam ações que ultrapassam a sexta-feira, oferecendo descontos em toda a semana do evento ou até mesmo durante todo o mês de novembro.

Da Black Friday à Black Fraude


Fuja da Black Fraude e aproveite os descontos reais da Black Friday

A Black Friday, evento mundial que oferece descontos de até 80% e que ocorre na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças americano, atrai um grande público em busca de economia e impulsiona as vendas e lucros de diversos comércios. Certos estabelecimentos começaram a camuflar preços e descontos, participando da data e de suas grandes vendas sem realmente alterar – ou alterar minimamente – o preço de seus produtos. Essa farsa e manipulação trouxeram lucros altos para muitas lojas. Os consumidores, enganados ou desapontados, apelidaram a data de Black Fraude. Black Friday, o evento promovido por diversas lojas oferece até 80% de desconto nos mais variados produtos. A baixa dos preços gera picos de venda que trazem benefícios tanto para varejistas, que esvaziam os estoques, como para consumidores, que adiantam e economizam as compras de fim de ano, podendo utilizar, ainda, a primeira parcela do 13º salário. Diversos produtos e serviços participam da promoção sem nenhum tipo de restrição, ficando a critério das lojas oferecerem descontos aleatórios entre os produtos. Os artigos mais procurados são eletrodomésticos, eletrônicos, informática, telefonia e tecnologia em geral. É possível adquirir até pacotes de viagens e refeições nos mais diversos restaurantes. Com origem nos Estados Unidos, o termo Black Friday era utilizado mesmo antes da ação de vendas e chegou a significar, em 1869, a crise financeira que os Estados Unidos estavam passando na época. A popularização da Black Friday no país aconteceu em meados dos anos 70, quando a impressa começou a utilizar a expressão para mostrar o caos que eram as compras em massa que ocorriam na data. Porém a Black Friday caiu no gosto mundial somente após os anos 2000. E só em novembro de 2010 é que o Brasil aderiu à Black Friday, tendo apenas a versão on-line do evento. Hoje em dia, as ofertas são praticadas em diversos países. No México, a data é chamada de El Buen Fin e dura um fim de semana inteiro. No Brasil, certos estabelecimentos aproveitam o impulso de compras dos consumidores e criam ações que ultrapassam a sexta-feira, oferecendo descontos em toda a semana do evento ou até mesmo durante todo o mês de novembro. Twitter, Facebook, Instagram e Youtube ). A empresa, que avalia as providências cabíveis, reitera ainda seu compromisso com os clientes e conta com a colaboração de todos para que quaisquer páginas ou perfis falsos, que usem indevidamente o nome da rede, sejam denunciados ao SAC (Serviço Amigo do Cliente) pelo telefone 0800 724 2822.

A Black Friday, evento mundial que oferece descontos de até 80% e que ocorre na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças americano, atrai um grande público em busca de economia e impulsiona as vendas e lucros de diversos comércios. Certos estabelecimentos começaram a camuflar preços e descontos, participando da data e de suas grandes vendas sem realmente alterar – ou alterar minimamente – o preço de seus produtos. Essa farsa e manipulação trouxeram lucros altos para muitas lojas. Os consumidores, enganados ou desapontados, apelidaram a data de Black Fraude.

Como a Black Friday se torna uma Black Fraude?

Uma das práticas fraudulentas mais comuns é o aumento dos preços pouco antes da Black Friday, o que possibilita repassar o desconto previsto pelo evento para um preço maior do que o habitual. Por isso, o bordão “Tudo pela metade do dobro” ilustrou por muito tempo a Black Fraude. Às vezes, o desconto oferecido sobre o produto é revertido em fretes super faturados. Em outros casos, o produto nem mesmo é entregue, seja por falta de estoque, seja por golpe de uma empresa fictícia, colocada on-line apenas para captar o pagamento dessas vendas. Há ainda o risco de o produto entregue ser diferente daquele adquirido ou não funcionar, parcial ou integralmente. A troca do produto com falha é um direito do consumidor, mas empresas de má-fé podem se mostrar resistentes à troca. Sendo possível, teste o seu produto antes de adquiri-lo.

Cuidados para evitar a Black Fraude

Faça uma lista com itens que realmente deseja comprar. Não se deixe atrair apenas pelos descontos – supostamente – oferecidos. Crie também uma lista reserva contendo produtos que possam substituir os itens da primeira lista, caso não haja estoque ou preço que agrade. • Ao criar essas listas, pesquise os preços dos produtos antes da Black Friday e compare com os preços no dia do evento, assim saberá se houve um desconto real. Ao comprar, atente-se às datas de entrega e se baseie nelas para cobrar a entrega, caso necessite. • Em compras on-line, o uso de certificados digitais https – em que o ícone de cadeado se localiza na barra de navegação – é um indicador de confiabilidade do site. Verifique formas de pagamento – evite as que utilizem apenas boleto, débito ou depósito, pois debitam direto da conta e não possuem estorno garantido. • Se receber alguma newsletter com promoções significativas, verifique a promoção diretamente via site. Falsificadores podem criar newsletters com as cores e logo de outras marcas e direcionar a compra para eles mesmos. Busque sempre pelo Selo Black Friday, ele comprova a integridade e real desconto do produto. • Procure por endereços e contatos do site em seu rodapé e, caso surja alguma suspeita, confirme a situação da empresa no site da Receita Federal.

Pesquise suas compras com calma para aproveitar os descontos da Black Friday e não seja vítima da Black Fraude.